6 dicas para aumentar a potência do motor do seu carro

 

A potência especificada nas características do modelo que comprou não é um dado imutável e, regra geral, é possível dar uns cavalos extra ao motor do seu carro.

 

A potência do motor nem sempre se adequa às necessidades de quem o conduz. Depois há as alterações estéticas, como a adoção de jantes maiores, que levam a que o comportamento do carro possa revelar-se mais molengão e, consequentemente, levar a que os consumos aumentem.

Mas, antes de mais, deixemo-nos de esperanças vãs. Se o carro que comprou tem um bloco de baixa cilindrada, não terá grandes hipóteses de ser o mais rápido na estrada. Ainda assim, há maneiras de tornar a condução mais interessante, umas mais dispendiosas do que outras. Saiba como tirar todo o proveito da potência do motor do seu automóvel e até como aumentar o número de cavalos.

 

  • Aumente as entradas de ar

Eis algo que sai barato na conceção e, além disso, pode originar um menor consumo de combustível. Ao aumentar as entradas de ar, a queima de combustível será maior e mais rápida, fornecendo energia ao motor a combustão de maneira mais eficiente. Para se proceder à alteração, basta instalar um kit de admissão direta, uma operação que exige mão-de-obra especializada. No fim, conseguirá extrair do motor uns 10 cv extra.

 

  • Troque os filtros com regularidade

Tanto o filtro do ar como o filtro de gasolina/diesel devem ser trocados de acordo com as instruções do fabricante. No entanto, reduzir ligeiramente o intervalo irá beneficiar a eficiência de combustão e, consequentemente, a performance do carro. Há quem defenda a possibilidade de limpar os filtros com compressores de ar, no entanto, vários especialistas garantem que não traz grandes vantagens, uma vez que apenas se consegue retirar a sujidade superficial.

 

  • Reprograme a centralina

A centralina é a responsável pela gestão da entrada de combustível a cada momento, analisando para tal uma série de parâmetros, tais como a pressão exercida sobre o acelerador ou a rotação a que o veículo segue em marcha. Maior entrada de combustível implicará um comportamento mais potente, sobretudo se se associar esta medida às anteriores. E se, ao alterar o circuito de injeção, se privilegiar uma maior entrada de combustível a baixos regimes, estar-se-á a contribuir para um menor consumo. Se isso não for suficiente, pode estudar a possibilidade de acrescentar uma centralina adicional. No entanto, esta operação será mais custosa.

 

  • Troque de escape

A exaustão do ar do carro via tubo de escape é um dos pontos que pode influenciar o desempenho do motor: quanto mais rápido o carro se vir livre dos gases resultantes da queima de combustível, angariando espaço para ar limpo que irá trabalhar na combustão, melhor será o seu funcionamento. Por isso, reveja a dimensão do tubo: se este for demasiado apertado, os gases serão expelidos com mais dificuldade. Trocar por um de maior diâmetro permitirá aumentar a potência do carro.

 

  • Instale um turbo

Primeiro, importante ressalva: a maioria dos motores naturalmente aspirados não exibe características aptas a receberem um turbo nem sequer a lidar com tamanho aumento de potência e torque. Por isso, se estiver mesmo decidido a instalar um turbo, deve estar ciente de que a operação, além de dispendiosa, irá inevitavelmente diminuir a esperança de vida do motor, com as várias peças a acusarem desgaste antes do tempo, sobretudo pelo que lhes é exigido. O turbo poderá levar o grupo propulsor a debitar até quase o dobro da potência inicial.

 

  • Limpe o carro

A forma mais barata de tirar todo o proveito do motor passa por retirar o máximo de peso ao automóvel. Comece-se pela bagageira e exclua-se tudo o que é desnecessário – se andar em circuitos curtos e citadinos, até o pneu sobressalente pode ser guardado em casa ou na garagem, recolocando-o no sítio quando enfrentar viagens mais extensas. Pelo habitáculo, procure não acumular “tralha” e, se conseguir, deixe as cadeirinhas das crianças em casa sempre que estas não viajarem consigo.

 

Fonte: sapo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *